Mary Olivetti fala sobre o lançamento do seu 1º álbum, o Intensity.

“SOFISTICADO E APAIXONANTE”
Com essas duas palavras, a carioca Mary Olivetti define seu álbum de estréia, Intensity. Após sete meses de produção, a compilação finalmente sai nesse mês de junho pela 3Plus Music

Famosa por executar sets que passeiam por diferentes vertentes da house music, como deep e tech, a DJ e produtora carioca Mary Olivetti promete esquentar ainda mais as pistas a partir de junho. Esse é o mês de lançamento de Intensity, seu primeiro álbum de faixas mixadas. Produzido em parceria com o selo 3Plus Music, o disco é uma compilação com tracks de importantes nomes da cena eletrônica mundial, como Omar, Karol XVII, Tim Deluxe e Sandy Rivera. Todos eles influenciaram de alguma maneira a formação musical da artista.

“Intenso, sofisticado e apaixonante.” Foi assim que Mary definiu seu disco em entrevista exclusiva à Electro M.A.G.. De acordo com a DJ, as músicas do álbum foram selecionadas cuidadosa-mente e vão do deep à mais pura house music. “Procuro tocar o que a pista necessita escutar, mas sempre me certifico de que a faixa tenha algum elemento da house music. Foi dessa mesma forma que conduzi o repertório do meu disco”, completa.

DE PAI PARA FILHA

Inteiramente mixado por Mary Olivetti (em seu estúdio no Rio de Janeiro), o álbum apresenta vinhetas na introdução e no encerramento. Ambas foram produzidas por ela em parceria com seu pai, Lincoln Olivetti – um dos maiores produtores musicais do Brasil nas décadas de 70 e 80. “Foi a primeira vez que nos juntamos para fazer música, uma experiência muito emocionante”, revela. Mary ainda explica que, após a seleção das músicas e finalização das vinhetas, usou o software Mix-Meister para mixar a compilação.

A gravadora ST2 Records fará a distribuição física dos CDs em lojas como FNAC, Livraria Cultura e Saraiva, enquanto a Sonora (empresa com os maiores números de venda digital da América Latina) vai cuidar exclusivamente da comercialização na internet.

Com sete anos de estrada, Mary Olivetti possui um currículo invejável. Já dividiu o palco com diversos ícones da cena eletrônica mundial – como Erick Morillo, Funkagenda, Roger Sanchez e Gui Boratto, dentre vários outros. Também se apresentou em clubs respeitados no Brasil e no exterior, como Pacha, Anzu, Avalon (Los Angeles/EUA), El Divino (Ibiza/Espanha) e BroadBar (Barcelona/Espanha), além do Winter Music Conference 2010 (maior evento do mercado eletrônico mundial, realizado anualmente em Miami). A artista, no entando, quer muito mais. Ela confessa seu desejo de tocar em um dos clubs mais importantes do planeta. “Tenho grande loucura pelo main room da Pacha Ibiza. Quem sabe não marco presença por lá no próximo verão?”, completa, dando uma dica para os marinheiros de primeira viagem: “Acho vital que haja interesse pela história. É fundamental pesquisar e procurar saber de onde as pistas surgiram. A trajetória da house é riquíssima. Um bom DJ tem que saber quem foram os responsáveis por tudo isso. Estudar faz parte de todas as profissões e não poderia ser diferente nessa, não é mesmo?”

Por Felippe Camargo

MAIS: www.myspace.com/maryolivetti

Via: Portal Electro M.A.G.